Periodontia

Periodontia

A periodontia é uma especialidade da odontologia direcionada para a prevenção, diagnóstico e tratamento de condições que acometem os tecidos de sustentação dos dentes, ou seja, as gengivas, ligamento periodontal e ossos alveolares. 

De acordo com a dra. Bárbara Almeida Castro, cirurgiã-dentista e especialista em periodontia na OdontoCompany Paracambi, essa área busca a prevenção de doenças e também a manutenção da saúde bucal. “Ela consiste em um ‘alicerce’ na odontologia; por isso, o ideal é que, antes de iniciar qualquer tratamento odontológico, o paciente seja encaminhado ao periodontista”, recomenda.

O dentista dessa área não realiza seu trabalho diretamente no dente, mas nas estruturas que estão ao seu redor, prevenindo problemas que podem afetar o elemento dental que está sadio. É, portanto, uma especialidade fundamental para manter a boca saudável.

Como a periodontite se desenvolve e as principais causas

Semelhante a gengivite, a principal causa para a periodontite é o acúmulo de placa bacteriana na superfície dos dentes. 

Mas, esse não é a única forma da doença se manifestar, a má oclusão também pode ser uma das causas para isso.

Isso porque não existe um encaixe perfeito entre os dentes, o acúmulo de restos alimentares é facilitado. 

O acúmulo de tártaro, problemas com cáries, uso de medicamentos fortes e o hábito de fumar podem ser fatores importantes para o desenvolvimento da periodontite.

Sintomas da periodontite

Por se tratar da evolução da gengivite, essas duas doenças são fáceis de confundir, pois apresentam sintomas muito semelhantes. Porém na periodontite é manifestada de maneira mais agressiva, fazendo com que a região da gengiva fique mais vermelha e a sensibilidade dentária é mais perceptível. Vale ressaltar que é importante prestar atenção se os dentes estão com maior mobilidade, uma vez que a tendência é que eles fiquem mais “moles” devido ao comprometimento da estrutura de suporte.

Tratamento para periodontite

Vamos conferir agora o tratamento da periodontite com a Periodontia. O tratamento se baseia em três etapas: a Terapia Básica Periodontal, a Terapia Cirúrgica e a Terapia Periodontal de Suporte. Onde a primeira equivale ao processo de raspagem supragengival e subgengival, para a remoção do tártaro nos dentes tanto na superfície do dente quanto na região abaixo da margem da gengiva. A fase cirúrgica nem sempre é necessária, pois ela somente é recomendada em casos onde o tártaro é muito profundo. E por fim, a Terapia Periodontal de Suporte é referente a uma forma de busca manter o controle da placa bacteriana, evitando possíveis recidivas da doença.

Quando procurar um periodontista?

A visita ao periodontista deve ser feita a cada seis meses para prevenção e manutenção da saúde bucal. Nas consultas de check-up com esse especialista, são realizadas uma avaliação bucal geral, uma limpeza completa (profilaxia) e a aplicação do flúor.

Se houver a presença de tártaro — que é quando a placa bacteriana não é retirada e fica endurecida na superfície dental —, é feita a raspagem periodontal. Seu objetivo é remover o tártaro e, desse modo, prevenir a inflamação nos tecidos que garantem a sustentação do dente.

ENVIE SUA DÚVIDA